Posted tagged ‘Alonso’

Primeira vitória de 2009, Décima da carreira e a Centésima do Brasil!

agosto 23, 2009

É isso aí caros leitores. Esse é o mais plausível resumo da fantástica etapa em Valência do GP da Europa de F1 hoje. Mais fantástico que isso, só mesmo o vencendor desta corrida, Rubens Barrichello, que não economizou em pôr o pé no acelarador e com Records atrás de Records de prova, levou seu carro na ponta dos dedos, seguido pela McLaren de Lewis Hamilton e a Ferrari de Kimi Raikonen.
0,,21737280-EX,00A largada não trouxe grandes transformações no grid, até porque ambas as McLarens largaram muito bem e mantiveram as duas primeiras colocações. Nesse embalo foi também Rubinho. A única surpresa foi a péssima largada de Janson Button que caiu pra 9º colacação, depois de ceder sua posição pra Mark Webber por cortar uma chicane. Pra suas ambições de título do campeonato isso era pouco e passou boa parte da prova atrás de Webber.

Voltando ao pelotão da frente, Hamilton conduziu a primeira parte da prova perfeitamente com os melhores tempos da prova até então, isso ainda com o tráfego dos retardatários. Mas foi aí que Rubinho começou a ousar, com voltas em ritmo de classificação e não só não deixando as McLarens abrirem vantagem, como também dimunuindo a diferença pra Kovalainen. E foi nas paradas de pit stop que Barrichello assumiu a segunda colocação e travou um duelo com Hamilton, volta a volta. As mágicas de nosso brasileiro lembraram os bons tempos de Schumacher na F1 que quando era acionado, quebrava todos os records e tempos da prova. E Rubinho foi nesse exemplo a caça de Hamilton que a esse ponto já estava para fazer seu pit stop. E foi aí que a McLaren errou e com um atraso nos boxes de praticamente a pouca diferença que Hamilton tinha sobre Rubinho, voltou atrás e lá ficou até o término da prova. Rubinho assim, conquistava uma primeira colocação que buscava há tempos. E mais que merecida por sinal.

Pro restante do grid essa segunda metade da prova não deixou de ser emocionante. Após o pit stop de Webber, Button ganhou a posição após bons duelos com o mesmo e assim teria pista livre para buscar uma melhor colocação. Sebastian Vettel saiu da prova após a quebra do motor de sua RBR e a essa ponto deixava a RBR numa fria com a disputa do campeonato de construtores. Os estreantes do dia,  Badoer pela Ferrari (substiuindo Massa) e Grosjean pela Renault não estavam num bom dia e tiveram uma pífia atuação. Destaco aqui, , Alonso e Rosberg que estiveram impecáveis e fizeram o melhor que seus carros permitiram e terminaram numa 5ª e 6ª colocação respectivamente.

Outro carro que não conseguiu concluir a prova foi a Willians de Nakajima que parou depois de um pneu estourado. Porém esse pneu ficou pela pista. Se este pneu não fosse retirado a tempo, o safety car teria que entrar e para não correr este risco, Ross Brawn mandou Rubinho antecipar sua segunda e última parada. Com isso só teria que conduzir sua Brown até a vitória.

0,,21737523,00

E não deu outra. Após 5 anos de desconfiança, de uma quase aposentadoria forçada e Rubinho venceu, e no lugar mais alto do pódio não segurou as lágrimas. Particularmente, não sou um fã de Barrichello. Mais digo com toda razão que esta vitória hoje foi uma das mais merecidas que já vi, por todo o contexto da corrida e sua garra e sua luta por vencer.  Parabéns!

Classificação:

1º Janson Button – 72 Pontos

2º Rubens Barrichello – 54 Pontos

3º Mark Webber – 51,5 Pontos

4º Sebastian Vettel – 47 Pontos

E semana que vem tem mais, com o Grande Premio da Bélgica. Que venha a 101ª vitória brasileira na F1!

Anúncios

Treino classificatório sensacional!

julho 11, 2009

mark_webber_wideweb__470x322,0

O australiano Mark Webber, da RBR, fez a pole position do GP de Nürburgring de F1 essa manhã, mas a verdade é que a melhor colocação no grid de largada poderia ter sido de pelo menos cinco pilotos. Além de Webber, Rubens Barrichello, Jenson Button, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton trocaram o primeiro lugar na super pole deixando uma incógnita na cabeça, sobre quem largaria na frente, de todos os fãs que acompanharam o treino classificatório nessa manhã de sábado.

  • Por pouco Nelsinho passa ao Q2

A possibilidade de ser mandado embora pela Renault deve ter motivado Nelsinho. No sufoco, o brasileiro conseguiu se classificar para a segunda parte do treino (Q2) na 15ª e última posição deixando Robert Kubica, Sébastien Buemi, Giancarlo Fisichella, Timo Glock e Sébastien Bourdais para trás.

Vencedor em Silverstone, Sebastien Vettel, da RBR, liderou nos primeiros minutos da primeira parte do treino classificatório (Q1), seguido por Hamilton, que tinha sido eliminado no Q1 das últimas três corridas. A dupla, no entanto, foi superada por Webber e Alonso. Rubinho ficou logo atrás.

O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, teve de ir para os boxes depois de rodopiar quando estava em sexto, duas colocações à frente do companheiro de seu equipe Massa.

  • Loucura no Q2

No intervalo da primeira para a segunda etapa, a chuva começou a cair, obrigando os pilotos a entrar rapidamente na pista para tentar uma volta rápida o quanto antes. Todos entraram com pneus para pista seca, mas o asfalto molhou tão rapidamente que foi necessária uma troca imediata para os intermediários.

Barrichello, usando toda sua experiência, resolveu esperar um tempo e, quando percebeu que a pista secava, arriscou abortar sua tentativa com intermediários e tentou os slicks e acertou na mosca, a incrível volta lhe deu o primeiro lugar. Depois, os demais também tentaram a mesma estratégia de Rubinho, mas a chuva voltou a cair, deixando mesmo o brasileiro em primeiro. Quem acertou uma boa volta foi Piquet, que ficou em segundo. Já Alonso, de quem se esperava muito, saiu da pista e ficou em 12º. Nelsinho agradece.

  • A melhor parte

Na etapa final da classificação a chuva não veio como todos esperavam e a pista foi ficando cada vez melhor de se correr, embora ainda sem as condições ideais de aderência. Na primeira rodada de tentativas, Barrichello voltou a ser o mais rápido. Mas, nos minutos finais, a briga pela pole ficou acirrada entre os pilotos que citei à cima, cada um tomava a posição do outro quando Webber conseguiu, na sua última tentativa, cravar a quarta pole da Red Bull na temporada.

  • Opinião para a corrida:

Boto muita fé no Rubens Barrichello como vencedor do grande prêmio de Nürburgring desse ano, a previsão é de que o tempo e consequentemente a pista estejam como Rubinho gosta. Quem acompanhou o treino viu que Jenson não parava de observar Rubens e suas estratégias, perguntando à seu engenheiro como o brasileiro estava se portando. Então é isso … Pra cima deles Rubinho !

https://i2.wp.com/zerohora.clicrbs.com.br/rbs/image/6240436.jpg