Archive for the ‘Imagens’ category

Desenhos de Banksy

outubro 5, 2009

Os desenhos de Banksy (um indivíduo? um colectivo? a dúvida subsiste…) continuam a surpreender. Apesar de surgirem um pouco por todo o mundo, e às vezes até em locais remotos, Londres parece ser o seu centro privilegiado de operações. Os seus mais recentes trabalhos na capital britânica continuam a desconcertar pela originalidade e irreverência. O seu estilo é inconfundível. Banksy não se limita a desenhar nas paredes; qualquer superfície lhe serve e quanto mais improvável, mais criativo é o seu trabalho…

 Graffitis de Banksy em Londres

 Graffitis de Banksy em Londres

 Graffitis de Banksy em Londres

 Graffitis de Banksy em Londres

 Graffitis de Banksy em Londres  Graffitis de Banksy em Londres

Anúncios

Não seja Influenziado!

agosto 8, 2009

infleunza

Não Entendeu?

Colher Baqueta?

julho 29, 2009

colher-baquetas

Eu como cozinheiro, sou um ótimo baterista. Mas quem sabe com essa baqueta eu não viro um Mestre Cuca?

Foto sem câmera? Ãhn?

julho 28, 2009

Robert Buelteman©2009

Robert Buelteman desenvolve técnica de exposição de objeto àluz, diretamente sobre filme, para retratar a “fragilidade da vida

Depois de dedicar 20 anos de sua carreira à fotografia de paisagens, o americano Robert Buelteman descobriu uma nova maneira de registrar a natureza: utilizar eletricidade para iluminar folhas e flores, em uma técnica que dispensa o uso da câmera e de lentes.

Para obter as 80 imagens que compõem a série Through the Green Fuse (“Através do fusível verde”), o fotógrafo utiliza instrumentos cirúrgicos para posicionar as plantas sobre uma mesa transparente, e em seguida posiciona uma matriz metálica, na qual estão o filme e uma emulsão fotográfica. O conjunto é, então, ligado a uma fonte elétrica.

Em um quarto escuro, ele então aciona a eletricidade de altíssima voltagem, que pode vir de fontes como o tungstênio, o xenônio ou fibras ópticas.

“Esta técnica tem mais semelhanças com a tradicional pintura japonesa a nanquim do que com as atuais formas de fotografia”, diz Buelteman. “Cada entrada de luz, assim como cada pincelada na pintura, não foi ensaiada. E uma vez, liberada, não pode ser desfeita.”

‘Fragilidade da vida’

Em entrevista à BBC Brasil, Buelteman contou que a ideia para esta série surgiu em 1999, depois que ele perdeu quatro familiares vítimas de câncer.

“Sempre tive vontade de encontrar a minha voz para expressar a beleza, o equilíbrio e a harmonia que eu vejo na natureza”, afirmou. “Com a perda de meus parentes, me senti mais determinado ainda a expressar a beleza e a fragilidade da vida.”

A técnica utilizada pelo americano se inspira no método que ficou conhecido como fotografia Kirlian, ou Kirliangrafia, desenvolvido pelo cientista russo Semyon Kirlian. A técnica também é chamada de bioeletrografia.

“Com a adição de aparelhos de fibra óptica para conseguir um maior controle sobre a exposição de luz sobre a matriz, este trabalho representa também uma nova interpretação de uma forma de arte honrada há tempos“, diz Buelteman.

As imagens do fotógrafo estão reunidas no livro Signs of Life (“Sinais da Vida”), lançado nos Estados Unidos.

BBC Brasil – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Caminhos da morte

julho 26, 2009
  • O túnel de Guoliang – China

Algum tempo atrás estas imagens correram a Net como se fossem de uma tal a Rodovia Da Morte, Stremnaya – Bolivia. Na verdade está localizada na China. Talhada na rocha com o propósito de chegar-se a um remoto povoado na base da montanha, este túnel é famoso pela quantidade de mortes em dias chuvosos quando a rocha escorregadia que a compõe torna quase impossível seu trajeto.

  • Rota federal para Yakutsk – Rússia

O intenso frio, as geadas, e as fortes tormentas conseguem com que literalmente o inverno arrase com as rodovias da Sibéria. A maior evidência deste fenômeno é a Rota Federal para Yakutsk. Esta rodovia é o único caminho à região e se uma tormenta ou nevasca ocorre, como se pode ver nas fotografias, centenas de veículos ficam presos no barro. Sair desta situação pode levar mais de uma semana e as vezes a prefeitura de Yakutsk tem que pedir ajuda ao Governo para mobilizar o exército e enviar comida ao local para evitar uma tragédia.

  • O caminho de Katmandú ao Everest – Nepal

A geografia do Nepal e uma séria deficiência econômicas fazem com que por lá existam uma infinidade de estradas perigosas. A mais conhecida delas é a que liga Katmandú ao Everest, já que muitos de seus trechos devem ser realizados a pé para evitar derrapar e cair por alguma das tantas ladeiras que tem o local.

  • O caminho ao Monte Huashan – China

Para chegar a um remoto monastério em um monte sagrado na China os viajantes devem realizar uma das mais assustadoras e vertiginosas caminhadas de suas vidas. O Monte Huashan é uma das cinco montanhas sagradas da China e é formado por cinco picos que vistos do alto têm aparência de pétalas. Estes picos, em média, estão a uns 2100 metros de altitude e estendem-se por quilômetros. Para chegar ao monastério deve-se caminhar pelas ladeiras de rocha, às vezes com as costas contra a parede por trilhas de não mais de 30 centímetros suportadas por correntes oxidadas e estacas de solidez duvidosa. Esta é também conhecida como a viagem turística mais perigosa do mundo, Tem gosto para tudo.

As 8 estradas mais perigosas do mundo

  • Andes Bolivianos

Na altiva cordiheira dos Andes Bolivianos encontra-se a espetacular e vertiginosa Estrada dos Yungas popularmente chamada de Estrada da Morte. É estimado que morrem em torno de 300 a 350 pessoas anualmente em acidentes ao longo de seus 64 quilômetros de percurso com 3.600 metros de desnível. Outra característica muito conhecida são as “Santas Cruzes” ao longo da “pirambeira”. Cada uma significa que um automóvel rolou morro abaixo.

Treino classificatório confuso e acidente grave com Felipe Massa

julho 25, 2009

fernando-alonso_781837c

Em treino altamente confuso, Fernando Alonso da Renault conseguiu a pole position para o GP da Hungria de F1 desse neste domingo. No final do treino, o sistema de cronometragem oficial caiu e nem os pilotos sabiam quem tinha marcado o melhor tempo do treino. Bernie Eclestone precisou ir até ales para avisar que o espanhol largaria em 1º.  Alonso terá ao seu lado na primeira fila o alemão Sebastian Vettel, da RBR. O australiano Mark Webber foi o terceiro.

0,,21459819-DP,00

Mas o que era pra ser mais um fim de semana de crescimento de Felipe Massa na atual temporada acabou sendo um dia trágico. Uma mola que provavelmente sai do carro de Rubens Barrichello, voa e atinge em cheio a única parte vulnerável do  capacete de Felipe Massa, a viseira. O piloto, a quase 300 km/h, perde o controle de sua Ferrari, bate forte em um dos pontos mais rápidos do circuito e quase desaparece em baixo da bancada de pneus. O brasileiro é prontamente atendido na pista, levado para o centro médico do circuito e depois, de helicóptero, para um hospital militar de Budapeste.

Últimas notícias remetem que Felipe passa bem e está sendo submetido a uma cirurgia para a retirada de um fragmento ósseo após o forte impacto. Por causa do acidente ele não correrá o GP da Hungria desse ano mas estamos todos torcendo por você Massa e temos certeza que quando voltar nos dará muitas alegrias.