Archive for the ‘Futebol’ category

Violência nos estádios

março 16, 2010

https://i0.wp.com/www.infoesp.net/jornal-infoesp/edicao18/violencia1.jpg

15 de Março de 2010, noite de domingo no Rio de Janeiro. Noite de mais um clássico Flamengo x Vasco, no Maracanã. Como sempre, um clássico disputadíssimo no campo e repleto de ingredientes para provocações aos rivais numa segunda-feira. Fora das quatro linhas, também um cenário mais que comum, porém inadmissível: as batalhas travadas pelas torcidas organizadas. Mais infeliz que isso é que tal barbárie não se limita a este clássico. Mas a qualquer confronto, em qualquer lugar do mundo e onde houver um pingo de rivalidade. Como citei anteriormente, é mais que normal provocar um torcedor adversário, tirar sarro ao discutir sobre futebol e outros esportes. Mas o que se vê há anos no Brasil, são batalhas extra-campo organizadas por verdadeiras “quadrilhas”. Não julgo nenhuma torcida especificadamente. Longe disso. O que me intriga em meio a isso tudo é a ineficácia da Policia diante dos acontecimentos.

Sempre que a situação foge do controle da polícia – algo completamente natural –, os mesmos justificam que os torcedores, se é que podem ser chamados desta forma, tramaram algo diferente do que era previsto e do que foi marcado para o suposto confronto com a torcida adversária. Para fugir dos confrontos, remarcam para outras localidades, alteram o horário, etc. E geralmente estas mudanças de plano que trazem “imprevistos para policia” são feitas por blogs – como este -, por comunidades no Orkut, Twitter, entre outros sites de relacionamento. Então me vem uma pergunta: Se a polícia sabe aonde serão planejados, aonde serão os confrontos (horário, data e local), por que vemos tantas batalhas acontecerem e tantos inocentes morrerem? Simples. O planejamento pra que se evite uma tragédia não pode ser feito só para o dia do jogo e também não pode se limitar a região no qual é feita a partida.

Ações como a da Polícia de São Paulo, em proibir que as torcidas organizadas transitem uniformizadas por estádios, podem ser um tiro no pé. A partir do momento em que se faz com que estas “quadrilhas” não estejam identificadas, estarão lhes concedendo a chance de se camuflarem entre torcedores comuns – aqueles que realmente estão presentes para torcer por seu time de coração -, tornando quase impossível a coação. É diante de ações como essa, que percebe-se a falta de planejamento e o despreparo de quem deveria reprimir tais atos de violência. Espionagem a estes sites de relacionamento seria uma forma viável e altamente eficaz, tendo em vista que já se saberiam onde e quando ocorreria o confronto. Como citei anteriormente, a medida tem que ser preventiva. Não se dá vacina em criança que já está doente. Para que o policiamento seja bem posicionado não há outro jeito a não ser planejar. Variados casos de violência nos estádios podem ser evitados desta forma. Algo absurdamente comum dentre alguns torcedores organizados é o de tomar a camisa de um torcedor adversário. Tão banal quanto isso seria se um policial estivesse monitorando o local – seja umaestação de Metrô ou de Trem, algum bar – para que isto fosse evitado. Estas e outras práticas seriam banidas se a impunidade não fosse tão natural. Por isso, a alteração no estatuto do torcedor para que criminalize atos de violência dos torcedores e das torcidas organizadas nos estádios de futebol e seus arredores também, seria uma ótima estratégia para inibir a ação de parte destes torcedores organizados. Talvez se não for para acabar com estas situações, que estas venham se tornar casos isolados ou ocasional.

Não precisa ser um Einstein para saber disso. Acredito que qualquer torcedor saiba qual o remédio para isso, até porque quem freqüenta um estádio de futebol sabe o que estará lhe esperando, se será uma festa de sua torcida ou um campo de batalha. Sentar e cruzar os braços para esta situação não dá. E hoje o que se vê bastante é um discurso conformista de que é impossível reverter tal situação. Flamengo x Vasco, Palmeiras x Corinthians, Atlético-MG x Cruzeiro, Grenal, Bavi, entre outros grandes clássicos do futebol brasileiro podem voltar a ser grandes espetáculos, a partir do momento em que a platéia se sentir segura de que pode aplaudir sem medo.

Jogadores do River Plate recebem ameaças de torcedores por telefone

outubro 14, 2009

https://i1.wp.com/www.footballingworld.com/wordpress/wp-content/uploads/2007/10/riverboca1.JPGJogadores do River Plate receberam telefonemas com ameaças de torcedores irritados com a má fase da equipe. Foram ameaçados Cristian Fabbiani, Matías Abelairas, Cristian Villagra, Daniel Vega, Nicolás Sánchez, Facundo Quiroga, Martín Galmarini, Diego Buonanotte e Oscar Ahumada. Seus telefones foram obtidos através de um site ligado ao clube.

No treino desta terça, todo o grupo de jogadores disse que não voltaria a dar seus números aos jornalistas, e que não atenderá a imprensa depois dos próximos treinamentos.

Na segunda, na estreia de Leonardo Astrada como técnico, o River perdeu de 3 a 1 para o Independiente, em casa, no jogo que encerrou a oitava rodada do Torneio Apertura.

A equipe ocupa a antepenúltima colocação no Campeonato Argentino, com cinco pontos – dois à frente do lanterna Chacarita Juniors.

Yes, We Can Rio!

outubro 4, 2009

2 de Outubro de 2009. Essa data com certeza jamais será esquecida para aqueles que de alguma forma respiram o Esporte. Um dia, onde a consagração desta cidade onde já é consagrada por Deus foi comprovada, para a alegria e felicidade da população mais feliz do mundo.

Copacabana, uma das praias mais famosas do mundo, inspiração de poetas, bambas e compositores, palco do reveillón mais fantástico do planeta, explodiu após o anúncio histórico feito pelo COI (Comitê Olímpico Internacional). O coração símbolo da campanha do Rio 2016, agora pulsava mais forte do que nunca. E em cada pedaço deste coração, estava cada gente deste nosso povo, cada etnia, cada manifestação popular. Fora o sonho de termos o maior evento esportivo do mundo na América Latina. Por isso, a torcida não se limitou aos brasileiros, mas também contou com uruguaios, paraguaios, bolivianos e até quem sabe de alguns argentinos.

Para o Brasil, o Rio 2016 representa o progresso de uma nação que a cada ano que se passa, apesar de todos os problemas e dificuldades em todos os âmbitos, tem se mostrado capaz de se superar. Particularmente, eu acredito que depois da Educação, o Esporte se apresenta como uma das soluções mais eficazes, não só para o Rio, mas também para todo o resto do Brasil. Em primeiro lugar, somos um povo que possui a competitividade no sangue. Difícil encontrar um brasileiro que não goste de um esporte se quer, nem que seja para torcer. Fora o fato de ser algo que atinge a todas as camadas populacionais, sem preconceitos. O Esporte traz e ensina a disciplina, a ética e educa aos que praticam. Assim como a educação premia seus alunos pela dedicação e empenho com o diploma, o Esporte presenteia com a Medalha, seja ouro, prata ou bronze ou com troféu àqueles que alcançam a glória. Portanto, esta vitória representa a esperança de erradicarmos a analfabetização, tirar os jovens dos semáforos, dos caminhos do tráfico e da violência e ampará-los e ocupá-los dentro dos centros esportivos. Chegou a hora de evoluirmos de “País do Futebol” para “O País Olímpico”.

400_lulaolimpicoNossa conquista não pode deixar de ser creditada também ao nosso Excelentíssimo Presidente Luís Inácio Lula da Silva, que fora criticado por suas viagens pelo mundo afora, que por vezes eram formas de reforçar as relações diplomáticas com diversos chefes de Estado. A supremacia do Rio de Janeiro na votação final, obtendo una vitória de mais que o dobro dos votos a favor de Madri, mostrou o quão é importante tais relações. O Mesmo Lula que outrora foi vaiado durante a abertura do Pan 2007, por um Maracanã completamente lotado durante a abertura dos jogos no mesmo Rio de Janeiro, teve sua reviravolta neste dia 2. Não é de hoje, que nosso Presidente conta com altíssimos índices de aprovação popular. Mas com esta conquista, as chances desta estatística aumentar ainda mais são enormes. Sem contar é claro, que foi com a emoção de Lula e a sua sinceridade, desde o discurso até a comemoração final, que os integrantes do COI ficaram emocionados. Difícil imagina outro Presidente que defendesse e entrasse e entrasse nesta “disputa” com tanta garra, como ele entrou. Porque Lula é um brasileiro como qualquer outro. É pernambucano de nascença, porém um tanto paulista, carioca, catarinense, cearense, amazonense, etc. Isto é, com uma identidade brasileira que poucos homens possuem.

Pele-and-Lula-celebrate-R-001

0,,23696563,00Esta vitória foi tão comemorada quanto um título do time de coração. Que após a conquista, é soado o hino do time, neste caso, o da cidade. E ao escutar e cantar este hino percebe-se que realmente esta cidade é maravilhosa, cheia de encantos mil. E é o coração do meu, do seu e do nosso Brasil. Brasil este que terá a oportunidade de marcar um gol de placa, ao sediar em 2 anos, os dois maiores eventos do Planeta, a Copa do Mundo e a Olimpíada.

E que Deus nos livre de organizadores mal intencionados e corruptos, para que não desviem nada dos 28 bilhões da verba disponibilizada e que todas as aplicações deste dinheiro não sejam como castelos de areia, e permaneçam da mesma forma por anos, trazendo a evolução para esta cidade que comprovadamente é a mais linda do mundo. O Rio 2016 será a Olimpíada do Samba, da malandragem, do gingado, do sotaque encantador, dos eventos febris. As batucadas da Sapucaí não se resumirão somente a bateria do Salgueiro, Mangueira e Vila Isabel. Estarão nos aplausos, no canto e na energia dos torcedores ao assistir uma prova da Maratona.

02rioMAT

O País abençoado pelo Pré-Sal, e que hoje representa a 10ª economia do mundo, receberá o mundo de braços tão abertos quanto ao do Cristo Redentor. E partir deste dia 2, mostramos que podemos almejar algo a mais sim, e não iremos baixar a cabeça. Porque como já dizia Barack Obama, “Yes, We Can!”.

fogos_artificio_pan_2007_abertura_maracana

Rio 2016, Viva a sua Paixão!

Esclarecimento

julho 20, 2009

Caros Leitores da Magazine Wopaaa,

A reportagem de F.Menino a respeito do Cruzeiro ter sido boicotado pela Globo e pela CBF, (Confira na íntegra foi mal interpretada. A intenção de nosso editor F.Menino, ao relatar este assunto, foi devido ao fato do jogo não ter sido transmitido para as capitais de Rio e São Paulo. Como relatou o nosso leitor, Rafael Ferreira:

A questão não foi ter passado o jogo em todo país e sim não ter passado no rio e são paulo.. além de não dar a cobertura que este jogo merecia.. pô final de libertadores…

Pedimos as sinceras desculpas à quem interpretou de forma errônia  a intenção de nosso editor, F.Menino. Continue acompanhando a Magazine Wopaaa!

Equipe Magazine Wopaaa!

Cruzeiro boicotado pela Globo e CBF?

julho 16, 2009

ERRATA:

Caros Leitores da Magazine Wopaaa,

A reportagem de F.Menino a respeito do Cruzeiro ter sido boicotado pela Globo e pela CBF, (Confira na íntegra foi mal interpretada. A intenção de nosso editor F.Menino, ao relatar este assunto, foi devido ao fato do jogo não ter sido transmitido para as capitais de Rio e São Paulo. Como relatou o nosso leitor, Rafael Ferreira:

A questão não foi ter passado o jogo em todo país e sim não ter passado no rio e são paulo.. além de não dar a cobertura que este jogo merecia.. pô final de libertadores…

Pedimos as sinceras desculpas à quem interpretou de forma errônia  a intenção de nosso editor, F.Menino. Continue acompanhando a Magazine Wopaaa!

Equipe Magazine Wopaaa!

Agência / Agência Estado

A noite de quarta-feira foi marcada pela grande final da Libertadores, envolvendo Cruzeiro e Estudiantes. Final esta, que culminou na vitória do Estudiantes e no seu Tetracampeonato na Libertadores. O que não deu pra se compreender, foi como a Rede Globo deixou de transmitir esta finalíssima para todo o Brasil.

O Jogo que iria ao ar a partir de 21:50 – horário de Brasília -, não teve o tratamento que merecia. No mesmo horário, era transmitido para Rede Globo São Paulo o clássico Flamengo x Palmeiras, enquanto que para o Rio de Janeiro e o restante do Brasil, estava sendo transmitido Internacional x Fluminense direto de Porto Alegre. Já a grande final da Libertadores da América, passou somente para o estado de Minas e Rio Grande do Sul e parcialmente para alguns outros estados, o que contradiz a conduta da Rede Globo nos anos anteriores. Isto é, dar destaque aos times brasileiros que chegam a final, transmitindo a grande final para todo o Brasil. Para entender essa contradição, vai então algumas informações das finais anteriores:

  • 2002 Olimpia x São Caetano

Transmissão dos dois jogos da final para todo o Brasil, com todos os holofotes voltados para o São Caetano.

  • 2003 Boca Juniors x Santos

Transmissão de ambos os jogos da final para todo o Brasil, com todo o destaque para o Santos.

  • 2004 Once Caldas x Boca Juniors

Por não haver times brasileiros na final, a Rede Globo não transmitiu esta final.

  • 2005 São Paulo x Atlético Paranaense

Finalíssima entre dois times brasileiros. Não tinha como não ser transmitido para todo o Brasil.

  • 2006 Internacional x São Paulo

O mesmo caso anterior. Só que com destaque ainda maior, por se tratar de dois gigantes tradicionalíssimos do futebol brasileiros.

  • 2007 Boca Juniors x Grêmio

A Rede Globo cobriu a final tanto na La Bombonera quanto no estádio Olímpico, sendo ambas partidas transmitidas pra todo o Brasil.

  • 2008 LDU x Fluminense

Todo o destaque da imprensa para o Fluminense. Também transmissão em rede nacional.

  • 2009 Estudiantes de La Plata x Cruzeiro

Rede Globo transmite esta final somente para o estado de Minas e Rio Grande do Sul, ignorando uma transmissão em ambito nacional.

Razões para que este jogo tivesse um maior destaque não faltavam. O Cruzeiro que apresenta o futebol mais vistoso do Brasil, contra o Estudiantes, o futebol mais eficiente na atualidade – diga-se de passagem – do futebol Argentino, a rivalidade Brasil e Argentina, o fato desta edição de Libertadores ser a 50ª, etc. Tudo isso só mostra o quanto esta final era e foi especial. Além de tudo, sem contar o fato de que o Cruzeiro é a 7ª maior torcida do Brasil, segundo o Ranking das maiores torcidas do Brasil (Ibope). E um time de tamanha grandeza no futebol brasileiro, ser ignorado de tal forma não é algo que se aceite. Mais que isso, podemos dizer que também houve incoerência por parte da CBF, em não adiar esta 11ª rodada do Brasileirão. Ou já ter se antecipado nesta decisão, quando ainda se organizava o calendário 2009. E não tem como numa hora dessas, justificar esse não adiamento alegando que o calendário do futebol brasileiro está saturado.

Fora que segundo aos dados do Ibope, a Globo perdeu por vários instantes em São Paulo nos ínidices de audiência para a Record, que transmitia no mesmo horário o Reality Show A Fazenda. Cabe aqui a pergunta: “Por que decidir não transmitir esta final para todo o Brasil?”

Nesta noite de Quarta, torcedores que não conseguiram garantir seu ingresso pra finalíssima no Mineirão e também os que não possuem acesso a TV por assinatura ou Internet Banda Larga, ficaram sem a oportunidade de acompanhar este jogão. E isso é um absurdo, se tratando de uma competição tão tradicional como a Libertadores e uma Rede de Televisão tão experiente como a Globo.

https://i1.wp.com/images.uncyc.org/pt/d/d3/RedeGloboLixo.jpg

Real Madrid melhor time do mundo? Ainda não!

julho 9, 2009

http://futebolnegocio.files.wordpress.com/2008/02/santiago-bernabeu.jpg

Muitos me perguntam: ” Real Madrid agora é o melhor time do mundo? “Eu respondo: “Ainda não!”

O português Cristiano Ronaldo, foi oficialmente apresentado pelo Real Madrid. Sua chegada na última segunda-feira levou 90 mil fervorosos e entusiasmados madrilenhos ao Santiago Bernabéu, público bem superior aos 60 mil da apresentação de Kaká, na semana passada. Uma apresentação que faz jus ao investimento de 94 milhões de euros (cerca de R$ 260 milhões), a maior transação da história do futebol. Uma verdadeira aula de Marketing, mesmo se tratando dos dois últimos bolas de Ouro da FIFA, respectivamente. Hoje, será a vez de Karim Benzema, a jovem estrela francesa que chega para aumentar o poderio ofensivo. Para reforçar a defesa, vem do Valência o bom zagueiro da seleção espanhola Albiol.

https://i1.wp.com/www.diariodepernambuco.com.br/galeria/2009/20090706190122.jpg

Na postura dos discursos de Kaká e Ronaldo, cada um esteve a seu estilo. O português com toda sua “grife” e seus exageros na apresentação, afirmou está realizando um sonho de criança ao jogar pelos Merengues. Já Kaká no seu jeito mais discreto de ser, prometeu o fim da hegemonia do Barcelona tanto na Espanha, quanto na Europa. E é isso que é preciso ser destacado, pois este será o grande e árduo desafio desta temporada para todo o novo elenco Merengue. Até porque o seu rival é nada mais nada menos que o atual campeão da Champions League e tem num elenco medalhões como Henry, Xavi, Puyol, Iniesta e Lionel Messi, que há quem diga que será o futuro Bola de Ouro da FIFA.

Se analisarmos os dois times e compararmos, veremos que apesar de todas as contratações do Real Madrid até então, é o Barça que larga na frente no planejamento da temporada 2009/2010. Isso porque os catalães possuem uma defesa consistente, bem equilibrada e eficiente, o que não se pode dizer do Real Madrid, onde este setor não é dos mais fortes, já não é de hoje. Essa fraqueza defensiva se comprovou em campo na última temporada com uma zaga limitada e inconstante. E apesar de meias e atacantes excepcionais, como Van de Vart, Van Nisteroy, Sneijder, Raul, Huntelaar e Robben, o time esbarrou nessa limitação defensiva e não conseguiu ser competitivo o bastante. Resultado, um segundo lugar no campeonato espanhol (terminando a 9 pontos atrás do Barça), e na Champions League uma eliminação ainda nas oitavas, pelo Liverpool, com direito a uma goleada de 4×0 no jogo de volta, no Anfield Road.

E em vista das declarações de Florentino Pérez (presidente do Real) pela imprensa européia, afirmando o desejo e o interesse em outros atacantes como David Villa (Valencia), Ibrahimovic (Internazionale) e Riberry (Bayer Munich), vejo os merengues novamente repetirem o erro das últimas temporadas que é de não fortalecer adequadamente a retaguarda. A exceção nisso tudo será se realmente for confirmada a contratação do lateral direito brasileiro Maicon, que dispensa comentários e é atualmente um dos melhores nesta posição. E ainda sim não será o suficiente. Heinze, Sergio Ramos, Pepe e Marcelo também não solucionarão sozinhos esse problema da defesa.

Com as atuais contratações e mais os “desejados” por Florentino Pérez, o Real Madrid será o melhor do mundo, do meio pra frente, sem sombra de dúvidas. Mas vale lembrar que a era dos “galácticos” no Real, onde jogavam no mesmo time Ronaldo, David Beckham, Luís Figo e Zidane, o resultado não foi o esperado para seus torcedores, nem muito menos para os investidores. E por esbarrar nessa mesma questão, uma defesa nada confiável, onde Gravissen (aquele dinarmaquês botinudo) era o volante.

Um time que pensa tão alto, e bate o recorde de transferência na contratação de Cristiano Ronaldo, pode muito bem abrir o bolso também para reforçar a defesa, com zagueiros, laterais e volantes. Até porque, um bom time sempre se começa é pela defesa. E no futebol moderno atual, está mais que comprovado que nem sempre a melhor defesa é o ataque.

http://footstarbr.files.wordpress.com/2008/02/defesa-solida.jpg

Análise do Brasileirão 2009

julho 1, 2009

Alô galera, to chegando aqui no Magazine Wopaaa, pra falar um pouco de tudo, e um pouco de nada. Vai aqui uma pequena análise dos times neste Brasileirão 2009, que chega a 8ª rodada, e já tem um pouco mais de 20% dos jogos, já ocorridos. Irei fazendo esta análise gradualmente ao longo da semana. Esta última rodada que foi marcada pela queda do último invicto no Brasileirão, o Atlético Mineiro, que caiu de 4 pro bom time do Barueri. Consequentemente, o Internacional, com a vitória sobre o Coritiba por 3×0 no estádio Beira-Rio, chega a ponta do Brasileirão igualando a campanha do líder alvinegro. Porém o Galo possui melhor saldo de gols e se mantém na 1ª colocação. Vamos às analises.

Atlético-MG

O Atlético Mineiro que começou o Brasileirão em crise, com a saída de Emerson Leão, foi conquistando seu espaço aos poucos com a entrada do contestado Celso Roth. Nas 8 rodadas, esteve entre os cincos primeiros desde a 2ª. E não é por acaso. Nos últimos anos, tem feito campanhas medíocres, a nível de sua grandeza. Mas esse ano, com uma ‘repaginação’ na diretoria, principalmente com contratação para homem forte do Futebol, o ex-presidente botafoguense Bebeto de Freitas, o Galo parece ter acordado, e esse ano vem mais muito mais forte e brigador. Boa defesa, um bom volumoso e renovado Meio-campo e um forte ataque. Curiosamente este foi o setor mais fraco nos últimos anos. E Diego Tardelli, é o grande responsável por essa mudança. Tem  deixado de ser a promessa que surgiu no São Paulo, pra finalmente se consolidar como um excelente jogador. E Celso Roth, o “Rei das Retrancas”, além de está organizando muito bem a zaga, vem conseguindo soltar de forma organizada esse time, que possui o melhor ataque até então, com 19 gols. Uma coisa é certa, se deixarem, o galo vai longe nesse campeonato…

Atlético-PR

https://i2.wp.com/i.s8.com.br/images/sport/cover/img0/294730_4.jpg O time da baixada paranaense, é um dos times que já devem ligar o sinal de alerta. O Campeão Brasileiro de 2001, não está conseguindo ocupar nem o papel de coadjuvante como nos últimos anos. Faço essa comparação, pois o time em TODAS as rodadas até então, só saiu do “G-4 do mal” na ultima rodada. E pra lá deve voltar na próxima. Encara o Grêmio, fora. A esperança é o Grêmio avançar na Libertadores nesta Quarta-feira, o que poderia fazer com que o Grêmio entrasse com um time de reservas. E ainda sim isso não seria garantia de um bom resultado, pois o time reserva do Grêmio, consegue ser superior ao time titular do Furacão. A saída de Geninho do comando do time, na 2ª rodada, pode ser vista até como algo positvo, em vista do treinador não ter conquistado uma campanha sólida nos últimos anos. E Waldemar Lemos, o jovem treinador, pode trazer algo de novo pra esse time “quadrado”, sem um repertório própio, e que joga nos erros do adversário. Pra se ter uma idéia, dos 5 jogos em casa, só conquistou 1 vitória, sendo essa contra os reservas do Corinthians, no último sábado por 1×0, nessa 8ª rodada. O time deposita as fichas na experiência de Paulo Baier, no jovem atacante Rafael Moura e outros jovens jogadores, que não deixam de ser talentosos. Mas quando a fase é ruim, não tem santo que faço milagre. Ainda é cedo, mas o sinal que já está amarelo, pode com o tempo ficar mais vermelho do que nunca.

Avaí

http://botecodabola.files.wordpress.com/2007/10/mascote_avai-sc.gif

O caso do Avaí é um tanto curioso. Não tem um elenco Maravilhoso. Mas tem o treinador, que daqui a alguns anos, estará entre os grandes do futebol brasileiro, Silas. E quando um time não é o melhor de todos, o que pode fazer a diferença é o Grupo em si. O Avaí só conquistou uma vitória até agora. Mas nestas 8 rodadas, complicou a vida do Atlético-MG, Flamengo, São Paulo e Fluminense. Fora que suas 3 derrotas, foram fora de casa, e para Internacional, Barueri e Cruzeiro (basta olhar a tabela, pra entender o que estou dizendo). Fora que é um time bem cascudo quando está jogando em casa, na Ressacada.

Se ainda não encaixou, tempo é o que não falta. E comando também não. Curioso, é que dos times que subiram com o Corinthians ano passado, o Avaí era o que os críticos mais apostavam que teria uma campanha digna. Como a galinha, o Avaí de grão em grão, irá enchendo o papo. O objetivo, é permanacer na Série A. E este objetivo, pode se concretizar desta forma.

Botafogo

https://i2.wp.com/1.bp.blogspot.com/_0kzVHi69qZY/SBsvrHS7J8I/AAAAAAAABoU/7DXRAKtgn1Y/s400/botafogo+mascote.jpg

O Botafogo começou mal. Mas o que não se esperava, era um começo tão ruim quanto esse. O Glorioso já começa a 9ª rodada, amargando a lanterna. E pior ainda, enfrentará o líder Atlético-MG, que como já foi citado, não possui elenco fraco como nos anos anteriores, ao contrário do Botafogo. Em 2007, o “Carrosel Alvinegro” encantou a todo Brasil, dirigido pelo Técnico Cuca. Mas perdeu o folêgo no meio do caminho, deixando o campeonato nas mãos do São Paulo. Perdeu o folêgo, porque parou no tempo e achou que estava fazendo mais que o suficiente. Esse ano, vamos dizer que se perdeu esse folêgo bem antes da hora. Após um Campeonato Carioca acima das espectivas, no qual o bom treinador, Ney Franco, fez sair de um elenco limitadíssimo, contrário dos últimos anos, um bom futebol. Mas após a saida de Maicosuel, o time parou no tempo, e vem patinando no Brasileirão. Goleiros inconstantes, uma zaga lenta e bem irregular, um meio-campo lento e pouco volumoso e um ataque que não é de se amedrontadar. Esse é Botafogo 2009. O Glorioso está perdido e isso é só o começo. E isso não se limita as quatro linhas, pois a direção do Alvinegro tem agido com certa ineficiência. Um presidente que chegou ao cargo, sem experiência alguma, a não ser que estejamos nos referindo a odontologia. Fora o Gerente de Futebol, Anderson Barros, ter um currículo pra lá de duvidoso, rebaixou o Figueirense no ano passado e quase levou o Flamengo no mesmo caminho a alguns anos atrás. Coincidência ou não, isso tá pra se repetir. As contratações até então, são de jogadores descompromissados, de 2º escalão, que não condizem com a grandeza do Botafogo. Com os sucessos de Barueri e Santo André, que vão dando pinta de que não chegaram onde chegaram atôa, alguns grandes terão de começar a rever seus conceitos se quiserem se manter na elite do Futebol Brasileiro.

Barueri

http://botecodabola.files.wordpress.com/2007/10/391788427430556ad-barueri-abelha.jpg

O time paulista vem surpreendendo a todos os críticos, que antes do Brasileirão, já o colocavam como um dos rebaixados, o Ipatinga de 2009. Mas não é o que temos visto em campo. O Barueri com a vitória no último sábado por 4×2 sobre o líder Atlético-MG, entra no G4, e mais ainda, prova que irá complicar a vida dos grandes em 2009. O time não é um espetáculo em campo, mas consegue fazer o “arroz com feijão” muito bem. Uma zaga sólida, um meio-campo que tem sido eficiente, e no ataque um matador, Pedrão, que está de malas prontas pra Arábia, pra fazer seu pé de meia. É um excelente jogador, mas com certeza a oferta dos árabes foi bem mais atrativa que sua permanencia. Cabe  ao Barueri, utilizar muito bem o dinheiro da transferência, pra poder substituí-lo, o que não será fácil. Se Barueri irá permancecer ou não na série A, eu não sei.

Corinthians

https://i1.wp.com/www.ledio.globolog.com.br/corinthians.jpg

O Coringão não tem decpcionado neste ano. Não só voltou, com tudo pra série A, como chegou pra ser um dos favoritos. Um time que dispensa comentários. Um goleiro a nível de seleção, excelente defesa, meio-campo com um vasto repertório, sendo tão bom defensivamente quanto ofensivamente, e um ataque fenomenal. Usar hoje esta expressão, parece clichê se tratando do Corinthians. Mas é exatamente isso. Ronaldo é um jogador que decide a qualquer momento, sem exageros. E seu companheiro, Jorge Henrique, que apesar de não ter grife, é um dos melhores atacantes em atividade no Brasil. Suas características não se encontram em qualquer lugar, exercendo uma função tática única. E com este ótimo elenco, o Corinthians pode conseguir até mais que seu objetivo nessa volta a Série A, que é o de participar da Libertadores 2010. Só pra se ter uma noção, o Corinthians terminou a 8ª rodada na 6ª colocação, com 11 pontos e a defesa menos vasada. Isto é, disputando o Brasileirão até então, com um time misto. Isso só prova o quanto o Corinthians está forte nesse temporada. Com o término da Copa do Brasil, não terá mas nenhuma outra competição pra disputar em 2009. E Mano Manezes, o 4º melhor “coach” do mundo segundo a crítica, com o time focado, só terá o trabalho de conduzir o time rumo ao possível Pentacampeonato.

Amanhã tem mais Análise do Brasileirão. Fiquem Ligados!