Você é viciado em internet?

Um adolescente chinês morreu após ser agredido fisicamente por seus monitores, em um acampamento para viciados em internet, segundo denúncia feita nesta semana por seu pai. O Guangxi Qihuang Survival Training Camp, que enfrenta as acusações, fica no sul do país.

Foto: Reprodução

Segundo a publicação “Global Times”, que divulgou a informação, os três monitores supostamente responsáveis pela morte de Deng Senshan, 16, foram detidos pela polícia no domingo (2). Deng Fei, pai do jovem, pagou 7 mil yuan (cerca de R$ 1,9 mil) por um mês do tratamento, que teve início no sábado (1).

“Estamos investigando a morte de um estudante, que foi espancado até a morte por seus supervisores no acampamento”, afirmou um policial envolvido no caso, de acordo com o “Global Times”. A autoridade se recusou a dar mais detalhes.

Deng Senshan havia se formado no colegial em Guilin, em julho, e foi mandado para o centro após seus pais lerem sobre o tratamento oferecido para viciados em internet. Assim como muitos jovens chineses, ele não conseguia ficar desconectado.

O pai disse ter assinado um acordo em que o acampamento se comprometia a “ajudar os jovens a se tornarem independentes e a corrigirem seus maus hábitos”. Para isso, eles seriam controlados de perto por professores treinados. “Nossos métodos são rígidos, mas não incluem tortura ou outras práticas que podem comprometer a saúde”, diz o contrato.

Uma reportagem publicada pelo G1 em novembro de 2007 mostra como funciona um acampamento para viciados em internet na Coreia do Sul.

Solitária

O pai disse que seu filho foi colocado em uma solitária horas após a chegada no acampamento. Nesse local de confinamento, ele teria sido espancado pelos monitores, que o acusaram de correr muito devagar. “Meu filho era saudável, não era um criminoso. Ele era apenas viciado em internet quando o deixei no acampamento”, contou Deng Fei ao “Global Times”.

Deng Fei disse ainda ter sido informado pela polícia, na segunda-feira (3) pela manhã, sobre a morte. A publicação afirma que o jovem foi levado a um hospital pelos monitores do acampamento e declarado morto dez minutos após sua chegada, às 3h (horário local) de domingo.

“O jovem não respondeu ao tratamento de emergência. Ele chegou com batimentos cardíacos fracos e não conseguia respirar. Estava exausto após ter sido espancado. Não conseguimos salvá-lo”, diz um documento do hospital, obtido pelo “Global Times”. A publicação também diz que as fotos tiradas do jovem, após sua morte, mostram ferimentos.

Fonte: G1

Explore posts in the same categories: Assuntos Gerais, Coisas Incríveis, Internet, Mundo Estranho, Polêmica

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: